A foto do buraco negro e a tangibilidade das descobertas

Nesse mês de abril, o mundo viu pela primeira vez a foto de um buraco negro. Apresentado como conceito por Albert Einstein, no passado, a extensão de 40 bilhões de quilômetros tende a engolir tudo que passa por ele, distorcendo as estruturas de tempo e formato. Einstein estava certo e, nós, podemos a partir de agora, ver. E esse talvez seja o grande presente da tecnologia nos dias de hoje: a tangibilidade das descobertas. Descobrir e ver, ganhar formato, eternizar. Demorou, mas temos uma foto da descoberta do Einstein. E, a partir de agora, tal qual o grande cientista, o buraco negro está eternizado.

O lugar inacessível, que ninguém jamais havia visto, é apresentado para o mundo em uma imagem clara, apesar dos 500 quinquilhões de quilômetros de distância da Terra.

É emocionante assistir à história acontecendo na frente da gente, imaginar que essa foto será vista por muitas e muitas gerações e que outras descobertas, como essa, estão cada vez mais próximas de acontecer.

Com a tecnologia, podemos deixar o imaginário mais rico e acrescentar a ele uma parte grande de realidade. Podemos criar, descobrir, desbravar e depois apontar o que é concreto. Essa foto está disponível de Manaus a Tóquio, do cientista ao estudante, para todos que com o mínimo acesso à mídia – impressa ou online – quiserem ver. E isso é muito, muito importante.

Isso me faz lembrar do meu modelo de negócio, que todos os dias renasce. Eu entrego inovação a meus clientes. E, juntos, tangibilizamos a educação.

Hoje, games, podcasts, realidade virtual e outras demandas são solicitações frequentes. Amanhã, posso trabalhar com satélites, com microcâmeras, com experiências subcutâneas em humanos. Não sabemos o que pode e o que não pode virar inovação corporativa. Pode parecer desesperador não saber o que nos aguarda, mas para mim é instigante. A missão da minha equipe é transformar nossas principais ideias em conteúdo acessível, divertido. A tecnologia é uma ferramenta, mas é a inovação que nos move.

Fiquei alguns minutos olhando para a foto do buraco negro e imaginando quantos momentos como esse aconteceram. Também pensei na trajetória da Spin até hoje, quantas tecnologias já passaram pela gente, quantas ainda vão passar. E me deu uma vontade de conhecer logo esse futuro.

Não posso dizer que nosso mercado é da tecnologia, visto que a cada dia, novas plataformas são apresentadas e o formato do nosso produto se transforma. Também não podemos dizer que vendemos apenas educação, pois nossa forma de apresentar conhecimento está totalmente atrelada às inovações tecnológicas.

Pensando bem, acho que meu negócio é estar próximo do que ajuda a tangibilizar o futuro. E que felicidade fazer parte disso!

voltar

novidades Newsletter

Preencha os campos com seus dados e receba nossas novidades por email.

enviar

contato

(11) 3107-4521

contato@spindigital.com.br

Rua São Paulino, 51, Vila Mariana - São Paulo/SP